F1: Equipes apresentam atualizações extensivas para o GP do Bahrein

Na manhã do primeiro dia do Grande Prêmio do Bahrein de 2024, todas as 10 equipes de Fórmula 1 anunciaram atualizações significativas em suas máquinas, visando otimizar seus pacotes para o início da temporada. Após um período de entressafra focado em novos designs e acumulação de dados durante o teste pré-temporada no Circuito Internacional do Bahrein, as equipes buscam melhorias para enfrentar os desafios do fim de semana. Isto irá sem dúvida afectar as probabilidades de apostas, a plataforma online Rokubet Portugal analisa todos os factores para fornecer as melhores probabilidades e bons bónus.

A Red Bull, com sua evolução radical do RB20, parece ser a pioneira no início da temporada, adotando várias mudanças para ampliar sua vantagem aparente. Modificações na asa dianteira, nos endplates e na entrada dos sidepods são algumas das atualizações visando melhorar a carga aerodinâmica e a eficiência do fluxo de ar.

A Mercedes introduziu um design inovador de asa dianteira no W15, buscando reduzir o arrasto e melhorar o fluxo de ar para a traseira do carro. Alterações no shape do sidepod e na cobertura do motor visam otimizar a refrigeração e a eficiência aerodinâmica.

A Ferrari optou por uma evolução mais discreta para o SF-24, com mudanças focadas na entrada dos sidepods e no design da suspensão traseira para melhor se adaptar ao desenvolvimento geral do carro.

A McLaren, destacada pelo seu desenvolvimento bem-sucedido em 2023, apresentou quatro atualizações principais no MCL38, incluindo modificações na entrada dos sidepods e na asa traseira, todas projetadas para melhorar a eficiência geral e o desempenho de refrigeração.

A Aston Martin listou nove mudanças no AMR24, visando melhorar a distribuição de carga e otimizar o fluxo de ar em torno do carro, enquanto a Alpine descreve seu A524 como “completamente novo” para a campanha de 2024, embora tenha enfrentado desafios nos testes.

A Williams fez 14 alterações no FW46, buscando superar as limitações do seu predecessor e tornar o carro mais adaptável a diferentes configurações de circuitos.

A Haas, que reconhece o desafio de superar as dificuldades herdadas do VF-23, introduziu 11 revisões no VF-24, visando melhorar o condicionamento do fluxo de ar e o desempenho de refrigeração.

Com essas atualizações extensivas, as equipes de Fórmula 1 demonstram não apenas seu compromisso com a inovação e melhoria contínua, mas também estabelecem o cenário para uma temporada competitiva e imprevisível. À medida que o GP do Bahrein se aproxima, todas as equipes estão ansiosas para testar suas novas configurações na pista, com a esperança de que suas estratégias de desenvolvimento rendam frutos desde o início da temporada de 2024.