F1: Chefe da Aston Martin considera que pré-temporada foi bem sucedida para a equipe

A equipe Aston Martin completou hoje o teste de pré-temporada da Fórmula 1 no Bahrein, com mais de 379 voltas realizadas pelos dois pilotos, no mesmo circuito que será palco do GP do Bahrein no próximo final de semana, no que vai ser a primeira corrida de 2024.

Mike Krack, chefe da equipe: “Foi um teste bem sucedido da nossa perspectiva. Nós nos concentramos em nosso programa e gradualmente trabalhamos nas verificações usuais do sistema e nos itens de teste. O AMR24 funcionou de forma confiável e temos uma boa compreensão de como o carro está funcionando. Demos um passo à frente durante o intervalo entre as temporadas, proporcionando ganhos e desempenho em áreas-chave. Temos uma longa temporada pela frente e temos vários projetos em desenvolvimento, alguns dos quais são muito promissores. Respeitamos a concorrência e esse teste demonstrou que todo o grid estará incrivelmente próximo nesta temporada, mas estamos entusiasmados com o que está por vir. Quero agradecer à equipe de testes na pista e a todos no AMRTC por nos prepararem totalmente para o início da temporada. Todos estão ansiosos para correr no próximo final de semana”, concluiu.

Fernando Alonso: “Tentamos aprender o máximo possível durante esses dias de teste e focamos em nós mesmos. Seria bom ter previsões e saber onde todos estão, mas esse não é o caso. O AMR24 é um passo à frente em relação ao ano passado e só temos que ver quão grande é esse passo em comparação com todos os outros. Saberemos mais na próxima semana após a sessão de classificação. Foi bom dar várias voltas ao longo dos três dias e me sinto em forma e pronto para o início da nova temporada”, acrescentou.

Lance Stroll: “É ótimo estar no Bahrein para os testes, e estou especialmente satisfeito por estar aqui depois de ter perdido os testes de pré-temporada no ano passado. O tempo no carro é muito valioso para todos nós, pois estamos coletando dados e aprendendo sobre o AMR24 a cada volta que completamos. Aproveitamos esses dias para testar muitas peças e ajustes e o carro pareceu melhor a cada dia. Não tivemos nenhum problema de confiabilidade. Ainda é muito cedo para fazer grandes previsões, mas estou ansioso pela primeira corrida do ano na próxima semana”, finalizou o canadense.