F1: Assista ao drone mais rápido do mundo desafiar carro da Red Bull em Silverstone

Pela primeira vez, a Fórmula 1 é vista sob uma nova perspectiva graças a uma inovação tecnológica que combina alta velocidade e precisão aérea. Um drone, desenvolvido pelos Dutch Drone Gods em colaboração com a Red Bull, realizou uma façanha ao seguir o RB20, o mais novo carro de F1 da equipe Red Bull, pilotado por Max Verstappen, durante uma volta completa no Circuito de Grande Prêmio de Silverstone.

 

Este drone não é um equipamento comum. Foi projetado e construído sob medida para enfrentar o desafio de acompanhar um carro de F1 em altas velocidades, ultrapassando os 300 km/h. A Red Bull e os Dutch Drone Gods dedicaram mais de um ano ao desenvolvimento deste drone, que pode acelerar duas vezes mais rápido que um carro de F1, atingindo 300 km/h em apenas 4 segundos, com uma velocidade máxima superior a 350 km/h.

A criação deste dispositivo ultrarrápido contou com o apoio da Red Bull Advanced Technologies, braço de engenharia de alto desempenho da equipe de Fórmula 1 Oracle Red Bull Racing. O conhecimento e os processos desta divisão foram fundamentais para acelerar o desenvolvimento do drone. Além disso, os testes foram realizados com os carros RB8 e RB19, pilotados por Liam Lawson e David Coulthard, garantindo a adaptação perfeita do drone às exigências da F1.

A gravação feita pelo drone, uma tomada contínua e ininterrupta em FPV (First Person View), oferece aos fãs de Fórmula 1 uma experiência única, permitindo uma visão completamente nova e emocionante de um carro em ação na pista. Esse encontro entre a mais avançada tecnologia de drones e a velocidade da Fórmula 1 não apenas destaca a inovação contínua dentro do esporte, mas também abre portas para novas formas de capturar e apreciar a beleza e a intensidade das corridas.

A colaboração entre a Red Bull e os Dutch Drone Gods simboliza um marco na forma como a tecnologia pode ser utilizada para enriquecer a experiência dos espectadores, oferecendo ângulos e perspectivas antes impossíveis de serem alcançados. Este evento estabelece um novo padrão para a cobertura de eventos esportivos, mostrando que a paixão pela inovação e a busca por superar limites são valores compartilhados tanto na aviação quanto no automobilismo.

Este feito não apenas demonstra o potencial de novas tecnologias em ambientes de alta performance, como também reforça a posição da Fórmula 1 como um laboratório de inovações tecnológicas. Com a introdução de drones capazes de acompanhar a velocidade e a dinâmica dos carros de F1, abre-se um novo capítulo na história do esporte, prometendo transformar a maneira como as corridas são vistas e vivenciadas pelo público ao redor do mundo.