Zonta vence e leva briga do título da Stock Car para corrida 2 em Interlagos

Ricardo Zonta vence a corrida 1 da Super Final da Stock Car em Interlagos. Na tarde deste domingo (17), o piloto conseguiu deixar Gabriel Casagrande para trás para subir ao degrau mais alto do pódio na primeira prova do dia.

Na pole-position, quem alinhou da posição de honra do pelotão era Ricardo Zonta, um dos sete postulantes ao título. Dividindo a primeira fila vinha Rafael Suzuki, também na briga pelo caneco.

Nesta primeira disputa, o único com chances matemáticas a conseguir fechar o campeonato é Casagrande. O titular da Vogel alinhava da terceira colocação do grid, enquanto Daniel Serra, seu adversário direto, saía apenas em sétimo.

Antes da formação do grid, o tempo fechou em Interlagos e uma chuva chegou a cair em cima do circuito, mas logo cessou, o sol abriu e o asfalto secou para as duas corridas.

Na distribuição do fan push, potência extra escolhida pelos fãs, os competidores escolhidos foram Cacá Buneo, Tony Kanaan, Digo Baptista, Lucas Foresti, Gianluca Petecof e Dudu Barrichello, nenhum dos nomes que disputam o título.

Largada autorizada e enquanto Zonta se manteve na primeira colocação, Casagrande conseguiu dar o bote em cima de Suzuki para tomar a segunda colocação. Mais atrás, Gianluca Petecof escapou no Laranjinha, mas conseguiu voltar para o traçado.

Fechada a primeira volta e a ordem estava com Ricardo puxando o pelotão, seguido por Gabriel, Suzuki, Julio Campos e Felipe Baptista completando as cinco primeiras colocações. Entretanto, Julinho conseguiu passar Rafael e se colocou no top-3.

Um os competidores que mais cresceu foi Felipe Fraga. Postulante ao título, após largar apenas da 29ª colocação, escalou nada menos que 11 na primeira volta e já aparecia em 18º.

Entre os nomes que disputavam o caneco, Zonta era o primeiro, Casagrande em segundo, Suzuki em quarto, Thiago Camilo em sexto, Daniel Serra em sétimo, Fraga em 19º e Rubens Barrichello em 20º.

O primeiro abandono da corrida 1 ficou com Felipe Lapenna. O competidor se dirigiu aos boxes com pouco mais de 20 minutos para a quadriculada para priorizar a segunda disputa do dia – os mecânicos logo começaram a mexer no carro.

Zonta vinha na primeira posição, com Serra, Campos, Suzuki, Serra, Felipe Baptista, Bruno Baptista, Camilo, Matías Rossi e Cesar ramos completavam as dez primeiras colocações do pelotão com 18min.

Janela de paradas aberta e os competidores não demoraram a logo irem aos boxes. Os dois primeiros a fazerem seus pit-stops foram Casagrande e Suzuki.

Quando vinha na frente de Serrinha, Felipe Baptista sofreu um grande susto. Sozinho, o piloto rodou na pista, mas conseguiu controlar e se manter na prova sem grandes problemas.

Então, houve o primeiro abandono de um piloto que estava na briga pelo título. Fraga, mesmo com bom desempenho na primeira parte da prova e escalando o pelotão, precisou ir aos boxes e encerrar de maneira prematura tanto sua corrida quanto sua briga pelo caneco.

Entre o primeiro e o 14º colocados, nenhum dos competidores tinham parado. Daqueles que haviam já pago o pit-stop obrigatório, Casagrande conseguiu ultrapassar Zonta para assumir a primeira colocação virtual da disputa e, assim, vinha para conseguir o título ainda na corrida 1.

Mas as coisas mudaram mais uma vez quando na entrada da reta principal, restando pouco mais de oito minutos para o encerramento da prova, Ricardo conseguiu passar mais uma vez Gabriel para retomar a primeira colocação. Na volta seguinte, no mesmo ponto, foi a vez de Campos deixar o titular da Vogel para trás, tomando o segundo posto.

Quase no encerramento da disputa, Suzuki estava determinado em terminar dentro do pódio. Tanto que o competidor deu o bote em cima do líder do campeonato, colocou lado a lado, insistiu e conseguiu deixar o adversário para trás para tomar para si em terceiro.

Bandeira quadriculada e Zonta garantiu a vitória, sua terceira na temporada 2023. Campos cruza a linha de chegada na segunda colocação e nos últimos instantes, Casagrande repassou Rafael e encerrou em terceiro.