TCR World Tour recebe a homologação da FIA para 2024

A expansão contínua do conceito TCR ganha mais um marco com a confirmação do reconhecimento da FIA para o TCR World Tour a partir de 2024. Após um hiato de um ano, as corridas de turismo retornam ao cenário mundial graças a um acordo entre a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e o WSC Group.

O TCR World Tour, iniciado em 2023, teve um calendário com nove etapas ao redor do mundo. Pilotos globais uniram-se às corridas das séries TCR nacionais ou regionais em uma competição única.

A partir de 2024, o campeonato será conhecido como Kumho FIA TCR World Tour, sob um acordo inicial de três anos. Os formatos e dimensões das corridas variarão, adaptando-se às regulamentações de cada série com a qual dividirão o final de semana.

Nove Eventos em Seis Continentes
O primeiro Kumho FIA TCR World Tour contará com nove etapas, abrangendo África, Ásia, Austrália, Europa, América do Norte e América do Sul.

Na América do Sul, o campeonato mundial de 2024, agora homologado pela FIA, incluirá eventos no Brasil e no Uruguai. Este será o segundo ano consecutivo que a categoria visitará esses países, relembrando as etapas no Autódromo Victor Borrat Fabini, no Uruguai, e no Autódromo José Carlos Bassi, na Argentina, em 2023. Nessas corridas, houve vitórias de Santiago Urrutia, Ma Quing Hua, Mikel Azcona e Néstor Girolami.

TCR World Tour recebe a homologação da FIA para 2024

Além das nove etapas, será acrescentada a final do TCR World Ranking, com data e local a serem anunciados.

Marcelo Lotti, Presidente do WSC Group, expressou orgulho pelo sucesso do conceito do TCR World Tour e a confirmação da parceria com a FIA. Ele destacou o empenho em fortalecer e popularizar a plataforma, citando a elaboração de um calendário ambicioso e atraente para a próxima temporada.

“Estamos orgulhosos que, após apenas uma temporada, o conceito do TCR World Tour tenha obtido ampla aprovação da comunidade do automobilismo. 2023 foi um sucesso graças à confiança e apoio dos promotores de vários campeonatos nacionais e regionais de TCR, fabricantes, equipes e pilotos. Poder agora atribuir a chancela FIA é a cereja do bolo e nos dá motivação para fazer todo o possível para tornar a plataforma ainda mais forte e popular. É por isso que os nossos primeiros esforços foram na elaboração de um calendário ambicioso e atraente para a próxima temporada”. disse Lotti.

Marek Nawarecki, diretor esportivo sênior da FIA, ressaltou a importância de estar presente em seis continentes diferentes e do formato do FIA TCR World Tour para construir pontes entre as séries de carros de turismo nacionais, regionais e mundiais, criando um ecossistema saudável. Ele enfatizou o papel regulador da FIA na supervisão dos regulamentos desportivos e técnicos.

“Ao longo dos anos, as corridas mundiais de carros de turismo têm visto uma evolução constante, com diferentes regulamentos técnicos e formatos utilizados, e com títulos da FIA decididos em uma série ou em um único evento. Dado que o TCR é um conjunto comprovado de regulamentos técnicos com uma plataforma robusta de corridas para clientes, o conceito por trás do FIA TCR World Tour é algo que fazia muito sentido para a FIA apoiar,” disse Nawarecki.

Alan Gow, presidente da Comissão de Turismo da FIA, falou sobre o assunto: “Ao longo dos anos, as corridas mundiais de carros de turismo têm visto uma evolução constante, com diferentes regulamentos técnicos e formatos utilizados, e com títulos da FIA decididos em uma série ou em um único evento. Dado que o TCR é um conjunto comprovado de regulamentos técnicos com uma plataforma robusta de corridas para clientes, o conceito por trás do FIA TCR World Tour é algo que fazia muito sentido para a FIA apoiar.”