Dakar: irmãos Baumgart garantem top-5 no prólogo entre os carros

Foi rápido, mas começou. Com um trecho de apenas 27 quilômetros cronometrados em Al Ula, na Arábia Saudita, valendo pelo prólogo, teve início nesta sexta-feira (4) a 46ª edição do Rally Dakar. Entre os carros, o Brasil já se coloca entre os primeiros, com dois carros pilotados por irmãos. Marcos e Cristian Baumgart fecharam os quilômetros iniciais do Dakar 2024 com o quarto e quinto tempo mais rápido, respectivamente.

Os Prodrive Hunter T1+ pilotados pelos irmãos Baumgart mostraram força: Marcos Baumgart e Kleber Cincea fecharam em quarto, com o mesmo tempo anotado pela lenda do rali Sebastian Loeb. O francês tem a seu lado o navegador belga Fabian Lurquin, também em um Hunter da Prodrive, pela equipe Bahrain Xtreme.

“Para nós é um começo histórico: terminar em quarto e o Cristian em quinto é um grande sonho para mim. Só de estar aqui já é uma realização e tanto”, comemorou Marcos, antes de voltar com os pés sobre as areias árabes. “Pegamos muita poeira no trecho, mas felizmente o resultado veio e estamos muito felizes. Mas foi só o primeiro dia. Ainda tem muita batalha pela frente e amanhã é que começa para valer”, resume.

Cristian Baumgart e Beco Andreotti iniciaram nesta sexta-feira o primeiro Dakar da dupla entre os carros. Cristian e Beco formam a parceria mais longeva da história do rali brasileiro entre piloto e navegador – e uma das duplas mais duradouras do off-road mundial; são 23 anos dividindo o cockpit e quatro títulos do Sertões.

O mais velho dos Baumgart ressaltou as características que devem perdurar por todo o Dakar 2024. Segundo ele, foi tudo condensado no trecho de 27 quilômetros do prólogo, no qual o carro #245 anotou o quinto melhor tempo. “Tivemos um pouco de tudo nesses 27 quilômetros de prólogo. Era mais como uma mini-especial, mesmo. Muita areia, dunas altas e um trecho bem exigente para piloto e navegador, com pedras em saídas de referências, mudanças de piso a cada 20 metros, partes sinuosos…”, enumerou. “Foi um ótimo primeiro contato, porque foi bem prazeroso. O resultado foi muito bom tanto para mim como para o Marcos. Ainda tem muito pela frente, vários dias. Então agora é manter a concentração, evitar erros e andar o que a gente pode sem se meter em problemas”, terminou.

A primeira etapa do Dakar 2024 será disputada neste sábado (6) com 414 quilômetros cronometrados entre Al Ula e Al Henakiyah, com um total de 541 quilômetros, somados os deslocamentos.