Com TOYOTA GAZOO Racing, Lucas Moraes se torna o primeiro brasileiro a vencer especial do Dakar nos carros

O piloto Lucas Moraes colocou seu nome na história do Dakar nesta segunda-feira (8). O representante da TOYOTA GAZOO Racing se tornou o primeiro brasileiro a vencer uma especial do mais importante rali do planeta ao ser o mais veloz na etapa de hoje. Ao lado do navegador espanhol Armand Monleón, Moraes completou os 447 quilômetros da especial realizada entre Al Duwadimi e Al Salamiya, na Arábia Saudita, em 4h14min51s com um Toyota GR DKR Hilux EVO T1U.

O resultado representa a primeira vitória de uma dupla da TOYOTA GAZOO Racing na 46ª edição do Dakar. Mais do que isso, Moraes e Monleón são os melhores representantes do time na classificação acumulada após três especiais, aparecendo com o quarto lugar, menos de dez minutos distantes dos líderes, diferença pequena considerando provas fora de estrada.

“O Dakar é extremamente duro com o carro todo, mas os pneus sofrem demais. E poupar pneus e o carro é uma das principais estratégias para chegar bem na corrida. Não é fácil, todo mundo quebra ou tem pneus furados. Mas hoje nós conseguimos fazer uma corrida “limpa” e com boa velocidade o tempo todo. A navegação do Armand foi perfeita e permitiu que não perdêssemos tempo em nada. Vimos outros competidores perderem posição porque tiveram pneus furados, ou erraram. Nós, felizmente, conseguimos juntar todas as peças desse quebra-cabeça, o que nos deu esse resultado”, disse Moraes.

Esta é a segunda participação do brasileiro na mais importante competição off road do planeta. Em 2023, quando também pilotou um Toyota, Lucas Moraes completou o Dakar com a terceira colocação. Neste ano, o piloto é um dos destaques da equipe TOYOTA GAZOO Racing, atual campeã da prova.

O Dakar segue nesta terça-feira com uma especial entre Al Salamiya e Al Hofuf, com 425 quilômetros.