F2: Bearman, Correa e Maini recebem penalidades no grid por atrapalharem na qualificação em Mônaco

Ollie Bearman, Juan Manuel Correa e Kush Maini foram penalizados com três posições no grid cada um por atrapalharem outros pilotos durante a sessão de qualificação da Fórmula 2 em Mônaco.

Correa foi o sétimo mais rápido no primeiro grupo de qualificação, o que inicialmente o colocava em 13º no grid tanto para a Sprint quanto para a corrida principal. Bearman e Maini ficaram em sexto e oitavo no segundo grupo de qualificação, posicionando-os inicialmente em 12º e 16º para as duas corridas, respectivamente.

Com as penalidades aplicadas, Bearman agora largará da 15ª posição na Sprint, com Correa em 16º e Maini em 19º. O piloto da Prema, Bearman, foi considerado culpado por atrapalhar Pepe Marti, da Campos Racing, enquanto este estava em uma volta rápida. Correa, da DAMS, atrapalhou o companheiro de equipe de Bearman, Andrea Kimi Antonelli, e Maini, da Virtuosi Racing, impediu Zane Maloney, da Rodin Motorsport.

Antes de saber sobre sua penalidade, Bearman expressou sua decepção com o resultado da qualificação, que já o colocava em uma posição difícil para marcar pontos. Até agora, ele marcou apenas seis pontos nas seis primeiras corridas de sua segunda temporada.

“Qualificação difícil,” comentou Bearman. “Eu estava me sentindo bem e tinha uma ótima sensação com o carro. O equilíbrio estava realmente muito bom. Infelizmente, na última volta, algo deu errado na zona de frenagem e não consegui completar a volta.”

“Com a evolução da pista e o fato de termos apenas três voltas, houve grandes mudanças a cada volta. Precisamos analisar exatamente o que aconteceu. Sinto muito pela equipe porque eles me deram um carro para a pole hoje.”

Seu companheiro de equipe novato, Antonelli, qualificou-se em sétimo, sendo o quarto mais rápido no primeiro grupo.

As penalidades no grid refletem a aplicação rigorosa das regras para garantir que as sessões de qualificação ocorram de maneira justa e segura.