Indy: Herta lidera segundo treino marcado por bandeiras vermelhas em Laguna Seca

O americano Colton Herta foi o piloto mais rápido do segundo treino livre para a disputa do Grande Prêmio de Monterey, nona etapa do campeonato da Indy. Na sessão realizada na tarde deste sábado (22) no circuito de Laguna Seca, o piloto da Andretti aproveitou o terço final para registrar sua melhor volta em 1min08s2300, em treinamento marcado pelas bandeiras vermelhas.

A segunda posição ficou com Will Power, piloto da Penske que acabou superado em 0s1961 por Herta. Álex Palou, com um equipamento da Chip Ganassi, terminou com a terceira colocação, logo à frente de Scott McLaughlin, piloto mais veloz da sexta-feira e quarto melhor com a Penske. Pato O’Ward, que passou boa parte da sessão nos boxes, foi o quinto com a McLaren.

Scott Dixon, com um carro da Chip Ganassi, terminou o treino em sexto, logo à frente de Felix Rosenqvist, sétimo com a Meyer Shank em seu último giro no treino. Alexander Rossi, que liderou parte do treino, foi o oitavo com a McLaren, com Kyle Kirkwood, da Andretti, em nono. Macus Armstrong, piloto da Chip Ganassi, acabou em décimo. Pietro Fittipaldi terminou a sessão com o 22º tempo com a RLL.

A sessão contou com três bandeiras vermelhas. A primeira foi causada por Christian Rasmussen, que perdeu o controle do carro da Carpenter na curva 10, acertando a barreira de pneus com 40 minutos para o final do treino. Depois, com 31 minutos restantes, foi a vez de Sting Ray Robb errar na aproximação do Saca-Rolha, rodando com o equipamento da AJ Foyt. Já Kyffin Simpson rodou e parou na brita com dez minutos para o final com a Chip Ganassi.

Ainda neste sábado, a partir das 18h15, será realizada a classificação que determinará as posições de largada em Laguna Seca. O Grande Prêmio de Monterey, nona etapa da temporada da Indy, será disputado no domingo (23), com largada marcada para 19h15.