F1: Wolff acredita que Mercedes pode atrair Verstappen com trabalho bem executado

O chefe da equipe Mercedes, Toto Wolff, afirmou que um trabalho bem executado por sua equipe poderia convencer Max Verstappen a se juntar ao time, em meio às polêmicas e tensões internas que vêm ocorrendo na Red Bull Racing.

Com a saída de Lewis Hamilton para a Ferrari a partir da temporada 2025 da Fórmula 1, a equipe de Brackley está em busca de um substituto para o heptacampeão.

Em meio a um período de instabilidade na equipe Red Bull, surgiu a informação de que Verstappen poderia deixar a equipe após o término da atual temporada. Apesar de Verstappen ter um contrato válido até o final de 2028, entende-se que existe uma cláusula que permitiria sua saída em caso de saída do consultor da equipe, Helmut Marko.

Porém, pelas mais recentes informações, Marko deve permanecer na Red Bull, ao contrário do que foi fortemente cogitado nas últimas semanas, o que em tese, ajudaria a manter o holandês na equipe, pelo menos até o final de seu atual contrato.