F1: Williams e Mercedes anunciam renovação da parceria de motores até 2030

A Williams e a Mercedes oficializaram a continuidade de uma parceria histórica. Por meio de um comunicado, a tradicional equipe britânica confirmou que seguirá recebendo motores da montadora alemã até pelo menos a temporada 2030 da Fórmula 1.

Essa relação entre Williams e Mercedes já perdura desde 2014, e tem sido mutuamente benéfica. Para a Williams, a tecnologia de ponta e o suporte da Mercedes têm sido fundamentais para a escalada em seu desempenho, enquanto a montadora alemã encontra na equipe um parceiro confiável para testar e desenvolver seus motores.

Diante da confirmação, o chefe da Williams, James Vowles, considera a renovação do contrato ‘um passo importante’, e afirmou: “Temos uma parceria de longa data com a Mercedes-Benz e estamos entusiasmados por estendê-la para a próxima era da Fórmula 1. A expertise, o suporte e a tecnologia que a Mercedes traz para a mesa se alinham perfeitamente com as aspirações de nossa equipe em médio e longo prazo. Este acordo de longo prazo é um passo positivo e faz parte de nossos objetivos para o futuro, enquanto ainda retemos nossa expertise e capacidades de design e fabricação internamente”, afirmou Vowles.

A renovação do contrato de fornecimento de motores garante estabilidade e continuidade para a Williams, enquanto o grid da F1 se prepara para a grande transição para uma nova era de motores a partir de 2026. Com a confiabilidade e o desempenho dos motores Mercedes como base, a equipe de Grove pode focar sua energia em outras áreas importantes para o desenvolvimento do carro e a busca por melhores resultados nas pistas.