F1: Williams decepcionada com posições de largada de Albon e Sargeant

A Williams considerou que teve um dia produtivo na sessão de classificação para o GP do Japão de Fórmula 1, mas as posições de largada dos dois pilotos, não são exatamente o que a equipe esperava, o que gerou alguma decepção. Alex Albon vai largar em P14 e Logan Sargeant apenas em P19.

Dave Robson, chefe de desempenho: “Em contraste com as interrupções de ontem, hoje foi produtivo com ambos os pilotos completando seus programas planejados no TL3 e completando vários testes de configuração. Com base nos experimentos do TL3, conseguimos ajustar os dois carros antes da sessão de classificação, e como resultado, melhorar as configurações. Na classificação, ambos os pilotos fizeram um bom trabalho, e embora Logan tenha perdido o Q2, seu ritmo estava próximo do de Alex, e ele se saiu bem ao se recuperar da falta de tempo na pista de ontem. Alex fez um bom trabalho durante toda a sessão, e embora provavelmente tenha perdido uma pequena quantidade de tempo de volta no Q2, o 14º lugar é um reflexo justo do ritmo atual do carro. Ambos os pilotos acharam complicado administrar os pneus mesmo em uma única volta e por isso amanhã será um grande desafio, pois eles procuram equilibrar ritmo e degradação. É provável que o tempo esteja seco e mais quente amanhã, o que também afetará a degradação do eixo dianteiro em relação ao traseiro, e isso simplesmente aumentará a dificuldade na corrida”, concluiu.

Albon: “Temos lutado muito neste fim de semana e não me senti confortável no carro, o que é frustrante, mas é onde esperávamos estar. Da maneira como seguimos com o carro, fizemos algumas curvas melhores, mas também algumas piores. Neste circuito, você não pode escorregar porque a pista é muito agressiva e rasga os pneus. Normalmente conseguimos escapar quando a pista está lisa, mas quando está difícil como essa, pagamos um preço bastante alto. Eu também sofri muito superaquecimento e quando você tem que gerenciar os pneus nas curvas para salvá-los, é complicado de administrar. Olhando para amanhã, o carro esteve bem nas poucas corridas longas que fizemos durante o TL3, no entanto, a estratégia será importante, então vamos ver como será”, acrescentou.

Sargeant: “Depois do que aconteceu ontem e de apenas algumas voltas no TL3 esta manhã, foi uma recuperação muito boa. Colocamos o carro em uma boa posição para a sessão de classificação, considerando a quantidade limitada de voltas, e tomamos as decisões certas. Não acho que sobrou muito na mesa. Um décimo e meio do Q2 mostra o quão apertado está. Estou muito feliz com a forma como pilotei, mas estamos perdendo um pouco neste fim de semana como equipe em termos de ritmo. Amanhã será uma corrida de degradação e a forma como administraremos isso no setor 1 será fundamental. Vamos tentar fazer uma boa largada, administrar a corrida e esperamos que isso nos deixe em uma posição decente”, finalizou.