F1: Vasseur vê base sólida para evoluir após bom começo em 2024

O chefe da Ferrari, Frederic Vasseur, considera o início animador da equipe na temporada 2024 da Fórmula 1 como um passo importante para o desenvolvimento do carro ao longo do ano.

A temporada de estreia de Vasseur no comando da Ferrari foi prejudicada no ano passado devido a um carro sensível a mudanças na direção do vento. Apesar de uma mudança de conceito na metade do ano ter melhorado o desempenho, a Ferrari ainda lutou contra as limitações do SF-23.

Para 2024, a equipe italiana optou por uma reformulação completa do carro, buscando resolver os problemas do modelo anterior e entregar um carro mais versátil. A estratégia parece ter sido bem-sucedida, já que a Ferrari se tornou a principal rival da Red Bull, com Carlos Sainz e Charles Leclerc conquistando um pódio cada nas duas primeiras etapas, ambos em P3.

No entanto, Vasseur reconhece a dificuldade de alcançar a Red Bull, principalmente devido aos ganhos marginais que as equipes buscam no decorrer da temporada.

“Temos atualizações planejadas para o futuro, mas tenho certeza de que não somos os únicos”, afirmou Vasseur. “É importante começar bem, somar bons pontos, porque no ano passado tivemos um início ruim.”

O dirigente francês ressalta que a estabilidade do SF-24, permite focar na evolução do desempenho, ao contrário do ano passado quando a Ferrari precisava resolver problemas mais básicos no carro. A estreia de Oliver Bearman, que substituiu o adoentado Carlos Sainz em Jeddah e conquistou o sétimo lugar, serve como exemplo da facilidade de pilotagem do carro de 2024.

“Esse carro está mais fácil de pilotar, o que é uma boa base para o desenvolvimento. É mais fácil para os pilotos identificarem onde precisamos melhorar”, disse Vasseur. “Nesse sentido, é um passo à frente para nós.”

Leclerc descartou a chegada de grandes novidades para o GP da Austrália, mas acredita que atualizações futuras possam aproximar a Ferrari da Red Bull. “Precisamos esperar para ver as novas peças e o quanto elas nos farão progredir. Esperamos que nos deixem mais perto da Red Bull”, finalizou o monegasco.