F1: Segundo jornalista espanhol, Gasly e Ocon estariam buscando outras equipes para 2025

A Alpine parece prestes a enfrentar mais uma temporada nebulosa na Fórmula 1, agora no que se refere aos seus pilotos, Esteban Ocon e Pierre Gasly. Segundo o jornalista espanhol Pedro Fermin, a insatisfação reina entre os dois franceses, e ambos estariam dispostos a deixar a equipe. Fontes afirmam que Ocon e Gasly já procuraram seus agentes para sondarem oportunidades em outros times, uma vez que seus contratos atuais terminam no final da temporada 2024 e uma renovação não parece estar em seus planos.

O ano de 2023 foi marcado por turbulências na Alpine. O sexto lugar no campeonato de construtores, abaixo das expectativas, foi acompanhado por uma série de problemas internos. A saída do CEO Laurent Rossi, a demissão do chefe de equipe Otmar Szafnauer, a dispensa do diretor esportivo Alan Permane e os desentendimentos constantes entre as fábricas de Enstone (Inglaterra) e Viry (França) criaram um clima bastante instável.

A falta de resultados concretos e a atmosfera conturbada, parecem ser os principais catalisadores da insatisfação de Ocon e Gasly. Mas para onde eles iriam? As portas das grandes equipes, Mercedes, Red Bull e Ferrari parecem fechadas, assim como as da McLaren e Aston Martin. Contudo, Fermin aponta Ocon como principal alvo da Audi para sua entrada na Fórmula 1 em 2026, quando a montadora alemã concluir a aquisição de 75% da Sauber, atual Stake F1 Team.

Se essa informação sobre um suposto interesse da Audi por Ocon é verdadeira, ainda não se sabe. Nomes como Carlos Sainz, Nico Hulkenberg e Valtteri Bottas também já surgiram nos rumores ligados à nova equipe. O mercado de pilotos promete muita movimentação nos próximos meses, e a Alpine, mais uma vez, encontra-se no centro do furacão.