F1: Sainz diz que seu futuro depende do “jogo de cadeiras” nas equipes

O piloto da Ferrari Carlos Sainz, pode ter conquistado outro pódio no GP do Japão em P3, mas seu futuro na Fórmula 1 para 2025 ainda é incerto. Com a chegada de Lewis Hamilton na Ferrari, Sainz analisa o mercado de pilotos da categoria.

“Sinceramente, não tenho ideia de onde estarei no ano que vem”, afirmou Sainz. “Estou conversando com várias equipes, mas preciso manter o foco no meu desempenho e provar que consigo extrair o máximo de um carro veloz.”

O piloto reconhece que a indefinição no mercado pode atrasar a confirmação de seu time para 2025. “Com metade do grid sem contrato, meu futuro depende também das escolhas de outras equipes. Eles sabem que estou disponível, então vamos aguardar os próximos passos”, acrescentou.

Mais um bom desempenho neste final de semana em Suzuka, com o terceiro lugar conquistado, certamente fortalece a posição de Sainz. “Sabia que o pódio era possível se fizesse uma corrida perfeita”, disse o espanhol. “Foi uma corrida estratégica complexa, mas consegui fazer as ultrapassagens necessárias para alcançar o resultado que buscava”, encerrou o espanhol.