F1: Russell apoia possível chegada de Verstappen na Mercedes

A notícia da mudança de Lewis Hamilton para a Ferrari a partir de 2025 pegou a Fórmula 1 de surpresa. Agora, em meio a turbulências internas na Red Bull, surgiu uma especulação ainda mais bombástica: Max Verstappen estaria sendo cotado para a Mercedes.

Na equipe alemã, o holandês seria o sucessor de Hamilton e se tornaria companheiro de George Russell. O britânico apoia a ideia da chegada de Verstappen: “Acho que qualquer equipe quer a melhor dupla de pilotos possível. E no momento, Max é o melhor piloto do grid, então qualquer equipe que tivesse a chance de contratá-lo não pensaria duas vezes.”

Russell continuou: “Então, a questão é mais para o lado dele, de Verstappen e da Red Bull. Obviamente, muita coisa está acontecendo por lá. Não sabemos o que realmente está rolando a portas fechadas. No fim das contas, não é da nossa conta no momento,” disse Russell.

Verstappen é um companheiro de equipe difícil de ser superado, como bem sabem Pierre Gasly, e atualmente Sergio Perez. No entanto, Russell confia em sua capacidade de acompanhar o ritmo do holandês caso corram juntos na Mercedes.

“Como eu disse na semana passada no Bahrein, esta é a minha terceira temporada ao lado de Lewis. Ele é o maior piloto de todos os tempos, e sinto que fiz um bom trabalho ao lado dele. Então, quem quer que estiver ao meu lado no próximo ano ou nos próximos anos, eu dou as boas-vindas a qualquer um, eu dou as boas-vindas a um desafio. Você sempre quer competir contra os melhores. Mas no final das contas, para mim, eu apenas me concentro em mim mesmo. Eu acredito em mim. Acredito que posso vencer qualquer um no grid. E você só precisa ter essa mentalidade. Então como eu disse, ter Lewis como minha referência nos últimos anos, com certeza foi uma referência muito boa” concluiu o britânico.

O F1MANIA.NET acompanha ‘in loco’ o GP da Arábia Saudita com o jornalista Rodrigo França direto de Jeddah.