F1: Red Bull contribui com a inclusão no esporte com mecânica feminina na equipe

Todas as equipas da Fórmula 1, bem como a própria categoria, estão atualmente trabalhando para existir uma maior inclusão no esporte. No entanto, a maioria dos mecânicos ainda é do sexo masculino, mas uma mudança está lentamente se tornando visível. Na Red Bull Racing, Emmie Jones se tornou a primeira mecânica feminina na equipe de Max Verstappen e Sergio Perez.

Jones começou sua carreira na F1 em 2018 como técnica na equipe Mercedes, isso depois de vir da extinta W Series (categoria que era exclusivamente feminina), onde trabalhou como mecânica. Em março de 2022, antes do início da primeira temporada com a nova geração de carros da F1, ela trocou a Mercedes pela equipe Red Bull.

“Ser a primeira mecânica feminina da Oracle Red Bull Racing é uma grande conquista para mim, e estou muito orgulhosa disso e espero que possa inspirar muito mais mulheres a seguir meus passos”, disse Jones em um vídeo no ‘Built For Athletes’, um canal do Youtube.

“Eu sempre quis ser mecânica. Estive rodeada de motores durante toda a minha vida com meu irmão e meu pai, então sim, estar dentro de uma equipe de F1 é o ápice. É onde você quer estar, onde estão os melhores em tudo o que fazem, então esse era definitivamente meu objetivo principal”, finalizou Jones.