F1: Quatro pilotos convocados pelos comissários após tumultuada Qualificação Sprint em São Paulo

No palco de Interlagos, o drama da Fórmula 1 se desenrolou de maneira inesperada durante a Qualificação Sprint para o Grande Prêmio de São Paulo. Quatro pilotos encontram-se sob a lupa dos comissários do evento, após uma sessão que misturou técnica refinada e caos na pista.

Lando Norris, da McLaren, emergiu como a estrela da sessão, cravando a volta mais rápida e conquistando a posição de honra para o Sprint. No entanto, seu triunfo agora é colocado em suspeita por estar sob investigação dos comissários, que o acusam de não cumprir as instruções do Diretor de Corrida da FIA em relação ao tempo máximo de volta. Yuki Tsunoda, da AlphaTauri, também foi citado pelo mesmo motivo. A expectativa é que ambos sejam liberados, uma vez que incidentes anteriores indicam uma possível flexibilidade nas penalidades, especialmente quando o ato é para ceder passagem a outros pilotos em voltas rápidas.

No entanto, o maior ponto de atenção recai sobre Fernando Alonso e Esteban Ocon, cuja colisão inusitada na SQ1 encerrou prematuramente a sessão. Ocon, pilotando pela Alpine, perdeu o controle entre a saída do S do Senna e a entrada da Curva do Sol e deslizou em direção ao espanhol, que diminuía o ritmo fora da linha ideal para permitir a ultrapassagem do ex-companheiro de equipe.

O resultado desta batida repercute nos boxes, onde as equipes trabalham contra o tempo para reparar os danos significativos antes do Sprint. Os detalhes e as consequências dessa investigação são aguardados com expectativa, pois poderão redefinir algumas posições no grid de largada da Sprint.

Com os pilotos convocados para prestar esclarecimentos, o paddock Fórmula 1 aguarda as decisões que serão tomadas.

O F1MANIA.NET cobre o GP de São Paulo da F1 ‘in loco’ com Victor Berto, Gabriel Gavinelli, Nathalia De Vivo, Leonardo Marson e Ana Oliveira.