F1: Problemas do A524 foram descobertos pela Alpine em dezembro, segundo Ocon

Depois de um início desastroso para a Alpine na temporada 2024 da Fórmula 1, o piloto do time, Esteban Ocon revelou que a equipe identificou os problemas com o A524 em dezembro do ano passado.

Um dos problemas destacados pela equipe sediada em Enstone é o peso do carro, algo que tentaram resolver reduzindo significativamente a quantidade de tinta na pintura do A524, que apresenta uma quantidade significativa de fibra de carbono exposta, o que foi um ponto de destaque durante a apresentação antes dos testes de pré-temporada.

Em termos de desempenho, a Alpine esteve longe do ritmo durante os testes de pré-temporada e ficou na parte de trás do grid durante a corrida de abertura da temporada no Bahrein, e também no último final de semana na Arábia Saudita.

Muito trabalho será necessário na equipe francesa para retornar ao pelotão intermediário, embora aparentemente estivessem preparados para o início desastroso da temporada, após descobrirem os problemas com o A524 no final do ano passado.

“Acho que foi em dezembro passado no simulador, que percebemos que existiam alguns problemas que precisávamos resolver”, afirmou Ocon.

Outro grande problema para a equipe francesa, é a menor potência de seu motor Renault em relação à concorrência, e isso é algo que provavelmente só será resolvido, com a introdução dos novos regulamentos de motor na F1 em 2026.