F1: Ocon diz que prioridade é a Alpine, mas não descarta a Mercedes

Esteban Ocon jogou ‘água fria’ nos rumores sobre uma possível transferência sua para a Mercedes na tempprada 2025 da Fórmula 1, após a confirmação da ida de Lewis Hamilton para a Ferrari. Apesar de admitir fortes ligações com a equipe alemã, o piloto francês ressaltou que seu foco atual é conseguir uma temporada sólida com a Alpine em 2024.

“Tenho vínculos com a Mercedes, sou gerenciado por eles há muito tempo, desde 2015”, disse Ocon durante a apresentação do carro da Alpine. “Sou um piloto júnior da Mercedes, mesmo não sendo tão júnior na idade! Mas veremos o que o futuro reserva. No momento, estou totalmente dedicado à Alpine.”

O piloto, cujo contrato com a Alpine termina no final deste ano, destacou a importância de se concentrar em seu desempenho atual. “Se você não performar na F1, está fora, não importa o problema. Quero maximizar o potencial, e se fizer isso em todas as corridas, haverá oportunidades e satisfação da equipe. Rumores e conversas são uma coisa boa. Se você faz um bom trabalho, essas coisas sempre acontecem. Mas estou totalmente comprometido com a Alpine para este ano.”

Com vários pilotos disponíveis em 2025, Ocon acredita que uma definição rápida seria o ideal. “Quanto antes, melhor. Este ano, mais do que nunca, há 15 pilotos sem contrato no final do ano, então será um caos com certeza. Uma grande ‘temporada de boatos’, então vamos ver”, acrescentou.

Apesar de abrir a porta para uma renovação com a Alpine, onde corre desde que a equipe usava o nome Renault em 2016, o francês deixa o futuro em aberto. “Me sinto muito bem aqui, faz muitos anos que estou correndo aqui. Sou parte da família há muito tempo. Mas na Fórmula 1, você não sabe o que pode acontecer. Veremos o que o futuro traz”, concluiu o piloto francês.