F1: Newey cauteloso em relação ao progresso das outras equipes

Pela segunda temporada consecutiva, em 2023 a Red Bull liderou o grid com o melhor carro da Fórmula 1. Após um ano dominando a grande maioria dos GPs, os olhos do paddock naturalmente se voltam para Adrian Newey e sua equipe para a nova temporada. O RB20 será capaz de repetir o sucesso e se consolidar ainda mais?

O próprio Newey, a mente por trás do carro de Max Verstappen e Sergio Perez, não subestima o desafio. “Precisamos continuar pressionando. No final do ano passado, o grid ficou mais competitivo, mas Max fez um trabalho incrível”, disse o renomado projetista.

Newey afirmou que a Red Bull implementou mudanças em diversas áreas do RB20, tanto mecânicas quanto aerodinâmicas. “Será suficiente? Ninguém sabe, essa é a essência da Fórmula 1. Temos uma ideia do que fizemos desde o ‘shakedown’ em Silverstone. Até agora, o carro se comportou como esperávamos. Mas isso não é garantia de nada. É possível que outra equipe tenha dado um salto maior e só o tempo dirá”, acrescentou.

O diretor técnico da equipe, Pierre Waché, também demonstrou confiança no RB20 durante a apresentação do novo carro. Sobre o processo de desenvolvimento, ele afirmou: “Buscamos identificar onde podemos ganhar performance no carro e entender as dificuldades dos pilotos. O desenvolvimento gira em torno desse pensamento e entendimento. No final, é apenas uma evolução do que fizemos no ano passado.”

Enquanto Newey e Waché demonstram otimismo com o RB20, a cautela impera no time. A Red Bull reconhece o avanço dos adversários e sabe que a hegemonia na pista não está garantida. A nova temporada da F1 promete ser emocionante, com a atual equipe campeã precisando defender seu título contra times cada vez mais competitivos.