F1: “Não optamos pela estratégia certa”, diz Leclerc após GP dos Estados Unidos

Charles Leclerc, da Ferrari, reclamou da estratégia adotada pela Scderia durante o Grande Prêmio dos Estados Unidos do último domingo (22). Largando da pole position, Leclerc perdeu a posição para Lando Norris antes mesmo da primeira curva. Depois, o monegasco optou por apenas uma parada nos boxes para troca de pneus, o que se mostrou ser uma péssima ideia.

Depois de cruzar a linha de chegada na sexta posição, mas foi desclassificado por irregularidades no seu SF-23.

No emblemático Circuito das Américas, o piloto da Red Bull, Max Verstappen, subiu ao topo do pódio após triunfar no Grande Prêmio dos Estados Unidos. A conquista significou a 50ª vitória de Verstappen e a 18ª corrida da atual temporada de F1. Lewis Hamilton, representando a Mercedes, inicialmente conquistou o segundo lugar após uma disputa intensa com Lando Norris da McLaren. Contudo, foi desclassificado após a corrida devido a problemas técnicos em seu carro, o W14.

Com isso, Norris foi promovido para a P2, e Carlos Sainz, da Ferrari, passou da quarta para a terceira posição. Sergio Perez, por sua vez, terminou à frente de Charles Leclerc, que também foi desclassificado por irregularidades em seu SF-23.

O piloto Charles Leclerc, da equipe Scuderia Ferrari, declarou: “É justo dizer que não optamos pela estratégia correta hoje. Em teoria, nossos dados indicavam que as estratégias de uma e duas paradas eram semelhantes, mas na prática, isso não se confirmou. Senti-me bem com o carro durante todo o fim de semana e nosso ritmo de corrida estava bom. É uma pena não termos conseguido um resultado melhor. Precisamos aproveitar o restante desta temporada para aprender o máximo possível e garantir que aproveitemos ao máximo todas as oportunidades no futuro.”