F1: Mercedes não tem pressa para definir substituto de Hamilton

Toto Wolff, chefe da equipe Mercedes, afirmou que seu time não tem pressa para definir o substituto de Lewis Hamilton para a temporada 2025 da Fórmula 1.

Dúvidas sobre o futuro sucessor de Hamilton surgiram após a confirmação da saída de Jerome D’Ambrosio, até então cotado como possível sucessor de Wolff no comando da Mercedes. No entanto, Wolff esclareceu que a saída de D’Ambrosio se deve a motivos pessoais e não está ligada a um plano de sucessão imediata.

Em relação ao piloto que dividirá a garagem com George Russell em 2025, Wolff afirmou que a Mercedes está analisando diversas opções. Max Verstappen, da Red Bull, é um dos nomes citados, já que Wolff não esconde o interesse em contar com o atual campeão, apesar que o próprio holandês já descartou essa possibilidade.

“Vamos esperar. Temos algumas opções interessantes”, disse Wolff. “Quanto mais pudermos avaliar o desenvolvimento da temporada, analisaremos pilotos jovens e também pilotos um pouco mais experientes. Não é uma decisão que queremos tomar nas próximas semanas. É algo para daqui a alguns meses, dependendo de como as coisas seguirem”, concluiu o chefe da Mercedes.