F1: Mercedes e Haas enfrentam problemas nos primeiros testes

O primeiro dia de testes da pré-temporada da Fórmula 1 no Bahrein não foi tranquilo para duas equipes, que apesar de estarem em momentos bem diferentes, querem evoluir em 2024, a Mercedes e a Haas.

Na Mercedes, George Russell perdeu minutos valiosos logo na primeira sessão, quando o W15 precisou ser levado para os boxes para uma verificação. Embora a equipe afirme que se tratava apenas de ‘ajustes normais de teste’, o piloto só pôde continuar após meia hora parado.

A Haas por sua vez, teve problemas no sistema de combustível que mantiveram Kevin Magnussen na garagem por 40 minutos. Mesmo após resolvido o problema, eles terminaram o dia como os mais lentos, com um tempo 0,8 segundos atrás do nono colocado, George Russell.

Para ambas as equipes, contratempos técnicos são especialmente indesejáveis com a limitação de três dias de testes. O tempo perdido pode dificultar a coleta de dados valiosos para o acerto dos carros e preparação para a temporada.

É importante ressaltar que se trata apenas do primeiro dia e ainda há tempo para as equipes se recuperarem. No entanto, os problemas iniciais servem como um lembrete das dificuldades que podem aguardar os times antes do início da temporada no dia 02 de março, no mesmo circuito do Bahrein.