F1: Marko é categórico que Wolff não irá tirar Verstappen da Red Bull

O mercado da Fórmula 1 já está agitado com a anunciada transferência de Lewis Hamilton para a Ferrari em 2025, e a vaga na Mercedes promete render muitas especulações. Um nome que certamente estará em alta é Max Verstappen, mas Helmut Marko, consultor da Red Bull, já tratou de jogar água fria na possibilidade do holandês rumar para a equipe alemã.

“Toto Wolff vai tentar, mas não terá sucesso”, afirmou o austríaco de 80 anos ao site sport.de. Segundo Marko, Verstappen tem boa memória e não esqueceu a guerra de palavras com Hamilton após o incidente ocorrido em Silverstone na temporada 2021, nem o final conturbado do campeonato em Abu Dhabi naquele ano, que terminou com a vitória do holandês e muitas reclamações da Mercedes (na verdade de grande parte do paddock da F1, bem como jornalistas e fãs).

Além de descartar Verstappen na Mercedes, Marko também deixou em aberto o futuro de Sergio Perez. O contrato do mexicano termina em dezembro de 2024, e Marko não descartou sua permanência na Red Bull. “É bem possível que a dupla Verstappen e Perez siga em 2025”, afirmou ao site alemão.

No entanto, o comentarista de F1, Peter Windsor, acredita que Alex Albon tenha 90% de chance de assumir o lugar de Perez ao lado de Verstappen na próxima temporada. Porém, Marko não mencionou o britânico-tailandês em sua entrevista.

Com a saída de Hamilton e a vaga em aberto na Mercedes, o mercado de pilotos promete mais um capítulo agitado. Mas se depender de Helmut Marko, Verstappen seguirá como a peça central da Red Bull por um bom tempo, mantendo a rivalidade com a Mercedes em alta temperatura.