F1: Jos Verstappen diz que clima na Red Bull é insustentável com Horner

Jos Verstappen, pai do piloto da Red Bull Racing, Max Verstappen, alertou que a equipe corre o risco de se desintegrar, caso Christian Horner continue como chefe de equipe. Ele alega sentir um clima tenso na equipe e considera a situação insustentável.

Horner foi inocentado de conduta inadequada após uma investigação interna da Red Bull. No dia seguinte, um e-mail anônimo contendo supostas conversas entre Horner e a funcionária envolvida no caso, foi enviado a jornalistas e pssoas do paddock da Fórmula 1. A autenticidade dessas conversas não foi confirmada.

De acordo com Jos, toda a polêmica gerou um clima tenso dentro da equipe, tornando a situação insustentável. “Há tensão aqui enquanto ele (Horner) permanecer no cargo”, afirmou o holandês ao Mail Sport. “A equipe corre o risco de se desintegrar. Não pode continuar assim. Vai explodir. Ele está se fazendo de vítima, quando é ele quem está causando os problemas.”

O Mail Sport alega que Jos Verstappen e Christian Horner tiveram uma forte discussão no paddock do Circuito Internacional do Bahrein, após a sessão de classificação na sexta-feira. Jos teria se afastado após o desentendimento, mas depois retornou ao escritório para apertar a mão de Horner.

Paralelamente, a esposa de Horner, Geri Halliwell Horner, ex-integrante do grupo Spice Girls, permaneceu ao lado do marido durante o final de semana do Gr do Bahrain. O casal caminhou de mãos dadas no paddock e não se separou durante o evento. Algumas pessoas acreditam que isso tenha sido apenas uma espécie de ‘encenação’, para ajudar Horner a mostrar que está tudo ‘normal’.