F1: Jornalista sugere possível aposentadoria antecipada de Hamilton

A renovação do contrato de Lewis Hamilton com a Mercedes até 2025, gerou um certo suspiro de alívio na Fórmula 1, mas para Peter Windsor, renomado jornalista da categoria, essa tranquilidade pode ser passageira. Em um vídeo em seu canal no YouTube, ele fez uma declaração forte: Sem um carro competitivo, Hamilton pode se aposentar mais cedo que o esperado.

“Não acho que Lewis vai correr por muito tempo se a Mercedes não tiver um ótimo carro este ano”, disse Windsor. “Então poderemos ver Charles Leclerc indo para a Mercedes, e se Lewis anunciar sua aposentadoria com antecedência suficiente, caso isso aconteça, não estou dizendo que vai, mas se o carro não for bom, Leclerc pode ir para lá.”

O contrato de Leclerc com a Ferrari termina no final de 2024, mas a renovação por mais temporadas está sendo conversada pela equipe italiana com o monegasco, porém ainda não foi assinado um novo acordo.

Esse comentário de Windsor levanta um interessante cenário de troca de pilotos na F1. Hamilton, diante de uma Mercedes incapaz de brigar pelo título, poderia deixar as pistas abrindo caminho para a chegada de Leclerc, um jovem talento elogiado por muitoas pessoas.

Porém, é importante ressaltar que se trata de pura especulação. Hamilton já reafirmou seu desejo de seguir na categoria e em busca de seu oitavo título, e a Mercedes vem trabalhando arduamente para recuperar o terreno perdido para a Red Bull. Contudo, a pressão na equipe alemã é crescente e a temporada de 2024 promete ser repleta de emoção e surpresas.