F1: Jornalista diz entender o que Verstappen criticou em circuitos de rua

Max Verstappen não está contente com a crescente substituição de circuitos tradicionais por traçados urbanos (ou semi-urbanos) no calendário da Fórmula 1. Para o holandês, essa é uma escolha puramente financeira da Liberty Media que prejudica a qualidade das corridas. Com a chegada de Madri em 2026, mais uma corrida de rua entra em cena. Peter Windsor, renomado jornalista de F1, comentou sobre o assunto em seu último vídeo no YouTube.

Windsor questionou a interpretação das críticas de Verstappen: “Ele disse que não gosta de circuitos de rua ou da versão moderna deles? Há uma diferença. Pode ser que a citação tenha sido tirada de contexto. Não consigo imaginar Max não gostando da Casino Square ou da Piscina em Mônaco, nem da manobra que ele fez para conquistar a pole na Rascasse.”

O jornalista continuou: “Aquele é o Max Verstappen clássico, e eu duvido que ele diria ‘não gosto de circuitos de rua’ pensando em Mônaco. Mas se ele está pensando em Las Vegas e Miami, eu entendo. São muros, grades, não há a sequência de curvas de 90 graus. Ele é um piloto que ama o desafio, a emoção. Talvez eu não esteja usando a palavra certa, mas o que ele quer dizer é que não encontra isso nesses circuitos”, finalizou Windsor.