F1: Horner nega acusações e estaria processando jornal holandês

O chefe da equipe Red Bull Racing, Christian Horner, estaria tomando medidas legais contra o jornal holandês De Telegraaf, alegando difamação. A publicação revelou detalhes da investigação sobre o suposto envio de mensagens inapropriadas por Horner a uma colega de trabalho.

De acordo com o De Telegraaf, Horner teria enviado mensagens de cunho sexual à mulher durante um período considerável. O jornal afirmou que teve acesso a essas conversas de WhatsApp entre os dois.

Horner negou veementemente todas as acusações feitas contra ele, afirmando ser vítima de um ataque à sua reputação, e por isso estaria entrando com uma ação judicial contra o De Telegraaf.

Enquanto a investigação prossegue, Horner continua trabalhando normalmente para a equipe Red Bull na Fórmula 1, e estará presente nos testes de pré-temporada no Bahrein na próxima semana, isso caso não surja algo novo e relevante na investigação em andamento.