F1: Horner celebra vitória e quer deixar polêmicas de lado

Após um início de temporada fora das pistas conturbado para a Red Bull, com acusações de comportamento inadequado contra Christian Horner, a equipe conquistou uma dobradinha no GP do Bahrein de Fórmula 1, com o P1 de Max verstappen e o P2 de Sergio Perez, para a alegria do chefe da equipe. Agora, ele só quer se concentrar somente no que acontece na pista.

“Recebi um apoio tremendo de dentro da equipe e da empresa. Começamos (a temporada) da melhor maneira possível. Então, os pilotos se saíram brilhantemente, e a equipe se saiu brilhantemente. Foi o melhor começo possível para a equipe, para os nossos parceiros, para os nossos acionistas e para todos dentro do grupo”, disse Horner à imprensa no Bahrein.

O chefe de equipe garantiu que só se importa com o desempenho de sua equipe. “Meu foco está nas corridas. O que as pessoas escolhem escrever é problema delas. Mas meu foco, após este fim de semana, está na próxima corrida, daqui a sete dias, na Arábia Saudita.”

Questionado sobre se permanecerá no cargo até o final da temporada, a resposta de Horner foi clara. “Absolutamente. Houve um processo interno completo e extenso, conduzido por um consultor independente, e a queixa apresentada foi indeferida. Fim da história. Vamos seguir em frente.”

Horner também foi questionado sobre os vazamentos que aconteceram no primeiro dia de treinos livres no Bahrein, quando um email com as supostas conversas de Horner com a funcionária da Red Bull que o acusou, foi distribuído no paddock da F1. “Não vou comentar mensagens anônimas e especulativas de uma fonte desconhecida. Elas vêm de uma fonte desconhecida, e não vou comentar isso. Próxima pergunta.”

Ele acrescentou: “Não vou comentar os motivos que qualquer pessoa possa ter para fazer isso. Meu foco está nessa equipe, na minha família, na minha esposa e nas corridas. Tenho o apoio de uma família incrível, uma esposa incrível, uma equipe incrível e de todos dentro dela. E meu foco está em correr, vencer corridas e fazer o melhor que posso”, finalizou Horner.