F1: Hill vê potencial de Sainz ir para a Mercedes, mas não está convencido

Já foi anunciada a mudança de Lewis Hamilton para a Ferrari a partir da temporada 2025 da Fórmula 1. Enquanto isso, Carlos Sainz, que não teve seu contrato renovado com a Scuderia, vai precisar buscar uma nova equipe, e muitas pessoas cogitam o espanhol na Mercedes. O ex-piloto e campeão de F1 em 1996, Damon Hill, considera isso uma possibilidade, mas levanta alguns questionamentos.

“A Mercedes seria o lugar certo para ir? Há o problema de que você está trocando a Ferrari pela Mercedes, e a Mercedes teria que explicar por que está pegando alguém que foi dispensado em favor do piloto que eles já tinham”, disse Hill ao F1 Nation Podcast.

“O que eles procuram na Mercedes é alguém que possa entregar resultados na Fórmula 1, e ele (Sainz) pode fazer isso. Além disso, ele já corre por uma grande equipe como a Ferrari, então ele entende todas essas pressões. Acho que Carlos seria um forte candidato para aquela vaga na Mercedes”, acrescentou Hill.

Dentro de suas próprias fileiras, a equipe alemã tem Andrea Kimi Antonelli como opção. O piloto italiano está estreando na Fórmula 2 este ano, o que torna a vaga principal da Mercedes um pouco precoce para ele.

“Se você promove um jovem piloto, ele precisa aprender sobre a equipe. Eles precisam aprender sobre a Fórmula 1. Você pode ver Oscar Piastri e seu enorme talento. Ele ainda está aprendendo”, acrescentou. Hill também descarta Fernando Alonso como opção: “Se você colocar Fernando, você não sabe por quantos anos mais ele vai continuar na F1”, finalizou.

A escolha da Mercedes para substituir Hamilton em 2025 segue em aberto, com Sainz sendo um nome forte, mas que precisaria ser bem justificado pela equipe.