F1: Hamilton elogia Cullen e celebra sua nova fase na Indy

Lewis Hamilton comentou sobre a nova fase de Angela Cullen, sua ex-fisioterapeuta que trabalhou com ele por sete anos na Mercedes. No início da temporada passada, o piloto anunciou o fim da parceria, mas ressaltou a importância de Cullen para o seu sucesso.

Atualmente, a neozelandesa está trabalhando na IndyCar, auxiliando o compatriota Marcus Armstrong. No último fim de semana, Armstrong conquistou seu melhor resultado na categoria, finalizando em quinto lugar no GP de Indianápolis.

Refletindo sobre a influência de Cullen, Hamilton a descreveu como uma pessoa positiva e motivadora. “Ela é uma cura”, afirmou o heptacampeão à imprensa. “Seu propósito é levar amor a todos que conhece. E ela é apaixonada por esportes.”

Desde a saída de Cullen, Hamilton trouxe de volta Marc Hynes, antigo membro de sua equipe pessoal. Apesar da mudança, o piloto garante que a ex-fisioterapeuta está feliz longe da Fórmula 1. “Acho que ela está realmente curtindo, é um ambiente diferente, mas ainda está ligada ao automobilismo”, disse Hamilton. “E acho que, desde o tempo que passou aqui, se tornou uma grande fã de corridas. Uma vez que você pega esse gosto, é difícil largar. E por que ela deveria? Ela pertence ao esporte. Com certeza está muito, muito feliz agora”, completou o britânico.