F1: Grosjean diz que Hamilton vai para Ferrari em busca de novos desafios

O ex-piloto de Fórmula 1, Romain Grosjean, acredita que a surpreendente escolha de Lewis Hamilton em deixar a Mercedes para juntar-se à Ferrari na próxima temporada, se deve ao espírito competitivo do heptacampeão.

Considerado uma das maiores transferências da história da categoria, a decisão de Hamilton encerra sua longa parceria com a equipe que o levou a seis de seus sete títulos na F1. Para Grosjean, a busca por novos desafios foi o principal motivado da mudança.

“Fiquei surpreso, não esperava que Lewis deixasse a Mercedes. Ele tinha uma estrutura fantástica, um ótimo ambiente”, disse Grosjean em seu canal no YouTube. “Mas lembrando de 2012, Lewis é um homem de desafios. Na época, a troca da McLaren pela Mercedes também foi inesperada, principalmente por sua longa ligação com a equipe de Ron Dennis e o sucesso da McLaren na época (onde Hamilton conquistou seu primeiro título na F1). A Ferrari é única, a mais icônica do mundo, mas por que ele foi?”

O francês acredita que a ambição por novos horizontes e a demora da Mercedes em se adaptar às novas regras, motivaram a mudança. “Ele quer algo novo. Teve dificuldades com a Mercedes, mas eles sempre se recuperaram. Talvez estejam demorando mais do que o esperado para voltar ao topo, mas ainda são competitivos”, acrescentou.

A ida de Hamilton para a Ferrari traz a expectativa de uma intensa rivalidade interna com Charles Leclerc, piloto da equipe desde 2019. No entanto, Grosjean acredita que Hamilton já está acostumado a companheiros de peso.

“Será uma dupla interessante e empolgante de ver. Lewis não teme desafios. Quando chegou na McLaren, quem era seu companheiro? Fernando Alonso, um dos mais ferozes, rápidos e competitivos pilotos da F1. Leclerc será uma ótima referência”, finalizou Grosjean.

A mudança de Hamilton para a Ferrari promete agitar a próxima temporada da Fórmula 1. Resta saber se o britânico conseguirá repetir o sucesso conquistado na Mercedes e levar a Scuderia de volta ao topo do pódio.