F1: Ford muito confiante na parceria com Red Bull para 2026

A preparação para a parceria entre Ford e a Red Bull Powertrains na Fórmula 1 a partir de 2026 está progredindo bem, segundo o CEO da Ford, Jim Farley. Em entrevista ao Speedcafe.com, Farley destacou o trabalho conjunto com a equipe de Milton Keynes e afirmou: “Tive a chance de passar bastante tempo com o time e com Adrian Newey. Estou muito feliz com o progresso, 2026 parece longe, mas temos muito trabalho pela frente na unidade de potência.”

Mesmo com esse otimismo, a nova regulamentação do motor de 2026, com forte foco na potência elétrica, gera preocupações. Christian Horner, chefe da Red Bull, sugeriu que a mudança forçaria trocas de marcha desnecessárias nas retas. Farley não comentou diretamente sobre isso, mas sua confiança é evidente: “Temos a melhor equipe envolvida, melhores pilotos, melhor suporte técnico. O time de criação da unidade de potência em Milton Keynes é de primeira linha. Vamos buscar o topo do pódio com toda força”, disse ele.

A parceria marca o retorno da Ford à F1 após 23 anos de ausência. A montadora americana vê nesta união com a Red Bull uma oportunidade para expandir sua tecnologia e marca em um cenário altamente competitivo e tecnológico. Com um time de peso e a expectativa de resultados ambiciosos, a união Ford-Red Bull promete agitar o grid da F1 nos próximos anos.