F1: FIA confirma ajuste no carro de Max Verstappen após a qualificação

Max Verstappen enfrentou problemas durante a qualificação para o Grande Prêmio da Inglaterra, perdendo momentaneamente o controle de seu carro na curva de alta velocidade Copse, pouco depois de seu companheiro de equipe, Sergio Perez, rodar na mesma curva.

Diferentemente de Perez, que ficou preso na brita, Verstappen conseguiu continuar na sessão, apesar de ter sofrido danos significativos no assoalho do carro ao deslizar pela área de escape.

“Max saiu da pista na curva 9 e sofreu danos que resultaram na perda de cerca de 100 pontos de downforce”, disse o conselheiro da equipe, Helmut Marko, após a sessão.

“Os mecânicos fizeram o possível nesse curto período de tempo em termos de reparos. Para o restante, fizemos alguns ajustes nas configurações da asa e conseguimos reduzir o dano para cerca de 20% na última parte da qualificação.”

Após a sessão, a Red Bull indicou que estava interessada em fazer alterações no assoalho do carro de Verstappen antes do Grande Prêmio.

De fato, a FIA confirmou que um novo assoalho foi instalado no carro do holandês. Como o novo componente é da mesma especificação do utilizado durante a qualificação, a Red Bull não violou as condições de parque fechado, permitindo que Verstappen mantivesse sua posição de largada em P4.

Esses ajustes são cruciais para garantir que Verstappen tenha o desempenho ideal durante a corrida. A Red Bull trabalhou rapidamente para minimizar os danos e garantir que o carro esteja nas melhores condições possíveis para a competição.

A expectativa é alta para a corrida, com Verstappen buscando melhorar sua posição e lutar pelo pódio no GP da Inglaterra. A equipe está confiante de que as mudanças feitas no carro ajudarão a alcançar esse objetivo, apesar dos contratempos enfrentados na qualificação.