F1: Ferrari está onde esperava em termos de desempenho

A Ferrari completou 101 voltas durante os dois treinos livres desta quinta-feira para o GP do Bahrein de Fórmula 1, no circuito de Sakhir. Na primeira das duas horas de pista, Charles Leclerc e Carlos Sainz utilizaram apenas pneus médios e depois apenas macios no segundo treino. Ambos os pilotos trabalharam no ajuste fino do carro visando a sessão de classificação de amanhã e o GP no sábado. Ao avaliar como foi o dia, diversas variáveis tiveram que ser levadas em consideração, incluindo ventos fortes durante a sessão diurna e temperaturas abaixo do esperado na segunda sessão, já sob as luzes do circuito.

Sainz: “Foi um dia de treinos mais complicado em comparação com os testes (de pré-temporada) com temperaturas mais baixas e ventos mais fortes, o que tornou mais difícil ser consistente na pista. Obviamente não conhecemos o plano de funcionamento dos outros, mas em termos de competitividade parece que estamos mais ou menos onde esperávamos estar. Tirando isso, sinto que tivemos uma boa quinta-feira, completando todo o nosso programa e testes de pneus. Agora é hora de analisar os dados e se preparar para a sessão de classificação de amanhã. Estou ansioso, pois parece que vai ser apertado”, concluiu.

Leclerc: “Primeiro dia concluído. Não há muito a dizer, pois é muito difícil ler a nossa competitividade por enquanto, mas não houve grandes surpresas. Foi bom estar de volta ao carro ao lado de todos os outros pilotos para começar a temporada. Agora temos muito trabalho a fazer, especialmente em termos de equilíbrio. Vamos ver onde estaremos amanhã”, encerrou o monegasco.