F1: Felipe Massa abre processo judicial contra FOM, FIA e Ecclestone pelo Mundial de 2008

Piloto entrou nesta segunda com uma ação no Reino Unido pleiteando reconhecimento como campeão mundial de 2008

O piloto Felipe Massa ajuizou nesta segunda-feira, na King’s Bench Division da Corte Superior de Londres, no Reino Unido, um processo contra a Formula One Manegement (FOM), a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e Bernie Ecclestone, ex-chefão da categoria, para pleitear o reconhecimento como campeão mundial de Fórmula 1 de 2008.

“Sempre disse que iria brigar até o final. Como a FIA e a FOM decidiram não fazer nada, buscaremos a correção desta injustiça histórica nos tribunais. O assunto agora está com os advogados e eles estão plenamente autorizados a fazer o que for necessário para que a justiça no esporte seja feita”, afirmou Massa.

O objetivo principal é mostrar que, a partir da confissão de Ecclestone ao site alemão F1 Insider em março de 2023, os dirigentes da Fórmula 1 aplicaram erroneamente o regulamento e que Massa deveria ter sido conclamado campeão mundial daquele ano, além de buscar uma indenização por danos e lucros cessantes.

Felipe Massa está sendo representado nesta ação pelos barristers Nick de Marco KC e Kendrah Potts, e Richard Levett e Daniel Levy da Enyo Law. A equipe completa também é formada por Bernardo Viana (Vieira Rezende Advogados), Antonio J. Perez-Marques (Davis Polk), Michele Bernasconi (Bär & Karrer), e Olivier Loizon (Gide Loyrette Nouel).