F1: Ex-piloto afirma que Wolff deveria pensar em Verstappen na Mercedes

No dia 1º de janeiro de 2025, Lewis Hamilton fará sua mudança oficial para a Ferrari, marcando uma mudança significativa no cenário da Fórmula 1. Enquanto o sucessor do britânico permanece indefinido, Toto Wolff, chefe da Mercedes, expressa sua gratidão pela antecipação do anúncio de Hamilton, proporcionando à equipe tempo para explorar as opções do mercado.

Wolff destacou a importância de conseguir um piloto como um reforço, sem obstáculos legais ou financeiros, e enfatizou que idade e contratos são fatores irrelevantes. Nesse contexto, o ex-piloto de F1, Christian Danner, sugere que a Mercedes deveria considerar Max Verstappen, destacando a necessidade de inclusão de qualquer piloto no nível da Mercedes.

A Mercedes, comprometida em buscar apenas o melhor, está abrindo discussões sobre as opções disponíveis. Wolff, anteriormente afirmou o compromisso de sempre buscar a melhor combinação para formar a dupla de pilotos da equipe. O futuro da Mercedes promete ser alvo de muitas conversas nos próximos meses, mas a possibilidade de Verstappen se tornar uma opção, parece bastante remota, mesmo dinte dos atuais problemas enfrentados por Christian Horner, chefe da Red Bull.