F1: Ex-piloto acredita que Hamilton terá autoridade na Ferrari

A notícia da ida de Lewis Hamilton para a Ferrari a partir da temporada 2025, foi uma das mais bombásticas da Fórmula 1 nos últimos tempos. O heptacampeão ainda busca seu oitavo título na categoria, e após duas temporadas sem vitórias na Mercedes, terá a chance de conquistar esse sonho pela Scuderia, se bem que sempre existe essa possibilidade ainda em 2024 com a própria Mercedes. O ex-piloto de F1, Anthony Davidson, analisa o impacto dessa transferência.

“Mal posso esperar para ver o que isso fará com a equipe”, disse Davidson à Sky Sports. “Acredito que ele ainda terá performances incríveis, especialmente nas corridas. Como vimos com Fernando Alonso, ele tem esse calibre, essa experiência”, continuou o ex-piloto, que disputou 20 corridas na F1.

“Lewis estará lá para sentir o carro durante a corrida, saber como gerenciar os pneus, trazer suas próprias ideias, sua própria expertise para a equipe. Mantê-los calmos quando necessário. Acho que ele será uma voz de autoridade”, acrescentou Davidson. “Quando você chega a esse nível, tem uma grande influência na motivação da equipe e na capacidade de reagir sob pressão. Só o fato de confiarem em você já faz a diferença. Acho que é isso que ele irã levar para a Ferrari”, concluiu Davidson.

Hamilton se juntará a Charles Leclerc na equipe italiana. Com ambos os contratos assinados para 2025 e além, Carlos Sainz terá que abrir caminho para o heptacampeão na próxima temporada. O destino do espanhol ainda não está definido, mas a Audi parece ser uma forte candidata a tê-lo como piloto a partir de sua entrada na categoria em 2026, quando irá assumir 75% da equipe Sauber, atual Stake F1 Team.