F1: Estratégias de pneus para o GP da Áustria 2024

O circuito do Red Bull Ring, conhecido por suas características desafiadoras, oferece uma corrida empolgante com suas elevações, mudanças de camber e uma sequência de curvas de alta velocidade. Além disso, as três retas com DRS na primeira metade do circuito proporcionam muitas oportunidades de ultrapassagem, enquanto a segunda metade testa os limites dos pneus.

O Que Aconteceu no Ano Passado?

No ano passado, a corrida foi marcada por uma estratégia predominante de duas paradas, com muitos pilotos optando pelos compostos médios e duros devido à alocação de pneus em um fim de semana com Sprint. Max Verstappen venceu utilizando uma estratégia de médio>duro>médio, ignorando um Virtual Safety Car (VSC) entre as voltas 14-16 e fazendo sua primeira parada na volta 24, segunda na volta 49 e uma terceira parada nominal para pneus macios na volta 69, apenas para garantir a volta mais rápida.

Os Ferraris de Charles Leclerc e Carlos Sainz terminaram em segundo e quarto, respectivamente, utilizando o VSC para uma parada dupla na volta 15. Ambos seguiram uma estratégia de médio>médio>duro, com paradas nas voltas 45 (Leclerc) e 47 (Sainz). Sergio Perez, no outro Red Bull, também usou médio>médio>duro, parando nas voltas 25 e 50.

Lando Norris em P5 foi o primeiro a dobrar os pneus duros, enquanto Fernando Alonso foi o único a começar com pneus duros e ainda pontuar, terminando em P6.

F1: Estratégias de pneus para o GP da Áustria 2024

Estratégias de Corrida para Este Ano

Com base no ano passado, a expectativa é que as estratégias de duas paradas sejam novamente a escolha predominante. A escolha entre médio>duro>médio e médio>duro>duro dependerá da capacidade de cada equipe em gerenciar o desgaste dos pneus.

Médio>duro>médio: As janelas de pit stop para esta estratégia seriam entre as voltas 18-24 e 45-52.
Médio>duro>duro: A primeira parada antecipada para as voltas 16-21 e a segunda para 42-48.

Todos os pilotos, exceto Yuki Tsunoda e Zhou Guanyu, têm a opção de escolher entre médio>duro>médio ou médio>duro>duro, sendo que algumas equipes como McLaren, Mercedes, Ferrari, Alpine e Aston Martin possuem apenas um jogo de pneus C3, forçando-as a fazer dois stints com pneus médios.

F1: Estratégias de pneus para o GP da Áustria 2024

Opções Alternativas

Embora o pneu macio (C5) não seja a escolha principal, ele pode ser útil para um stint final rápido, especialmente para pilotos que procuram a volta mais rápida. A estratégia médio>duro>macio pode ser atraente para um competidor que deseja um burst final de velocidade.

F1: Estratégias de pneus para o GP da Áustria 2024

Considerações para a Parte Inferior do Grid

Para os pilotos fora do top 10, a estratégia de uma parada não é viável devido à degradação dos pneus. No entanto, uma estratégia de undercut pode ser eficaz, especialmente para pilotos como Pierre Gasly, que podem tentar um médio>médio>duro para ganhar posições.

Com as condições climáticas e a previsão de temperaturas elevadas, a gestão dos pneus será crucial. A escolha entre médio>duro>médio e médio>duro>duro dependerá das condições de cada equipe e do ritmo que conseguirem manter ao longo da corrida. A possibilidade de estratégias alternativas, como o uso do pneu macio no final, pode adicionar um elemento interessante à disputa.

Acompanhe todas as atualizações e resultados do Grande Prêmio da Áustria no F1MANIA.NET, onde traremos a cobertura completa do evento.