F1: Estatísticas e curiosidades da qualificação deste sábado no GP da Espanha

Lando Norris conquistou a pole position em Barcelona em uma sessão de qualificação incrivelmente disputada. Ele superou o Red Bull de Max Verstappen, enquanto a dupla da Mercedes ficou com a segunda fila e o herói local, Carlos Sainz, assegurou o P6. Confira as melhores estatísticas e curiosidades da emocionante qualificação no Circuito de Barcelona-Catalunha.

Norris marcou a segunda pole position de sua carreira, a primeira desde Sochi em 2021. É também a primeira pole da McLaren em Barcelona desde que Kimi Raikkonen venceu a corrida partindo da P1 em 2005.

Norris conquistou a pole com apenas 0.020s de vantagem, enquanto no Canadá a margem da pole foi de 0.000s.

Verstappen ficou em segundo, e ele venceu as últimas quatro vezes que largou da segunda posição no grid, incluindo no Canadá na última corrida.

Trinta das últimas 33 corridas em Barcelona foram vencidas a partir da primeira fila.

Lewis Hamilton garantiu o terceiro lugar, seu primeiro início entre os seis primeiros para um Grande Prêmio nesta temporada, e é seu melhor início na Espanha desde que venceu partindo da pole em 2021.

George Russell foi superado por seu companheiro de equipe em uma qualificação para um Grande Prêmio pela segunda vez nesta temporada.

Charles Leclerc foi o quinto, superando seu companheiro de equipe pela sexta corrida consecutiva.

Em um dia de margens apertadas, Carlos Sainz, em sexto, ficou a apenas 0.035s do terceiro colocado, Hamilton.

Pierre Gasly conquistou sua melhor posição de largada do ano para a Alpine com o sétimo lugar.

Sergio Perez chegou ao Q3 pela primeira vez desde Miami, em sua melhor posição de largada em quatro corridas.

Esteban Ocon foi o nono, sua primeira largada no top 10 desde Austin, há 14 corridas.

Oscar Piastri não registrou tempo no Q3 e se classificou em P10, sua posição mais baixa pela McLaren neste ano.

Fernando Alonso foi o P11, ficando fora do Q3 em casa pela terceira vez na carreira.

Valtteri Bottas interrompeu uma sequência de quatro eliminações no Q1, classificando-se em 12º.

Nico Hulkenberg foi o 13º, com sua média de posição de largada no ano sendo 13.1.

Lance Stroll qualificou-se em 14º, sendo superado por seu companheiro de equipe em seis das dez classificações nesta temporada.

Zhou Guanyu alcançou sua melhor qualificação do ano com o P15, saindo do Q1 pela primeira vez em 2024.

Kevin Magnussen sofreu sua quinta eliminação no Q1 nas últimas sete corridas, e também foi eliminado no Q1 aqui no ano passado.

Yuki Tsunoda ainda não conseguiu chegar ao Q3 em quatro aparições em Barcelona.

Daniel Ricciardo ficou fora no Q1, tendo nunca antes sido eliminado no Q1 aqui em 12 aparições. Ele agora está atrás de seu companheiro de equipe por oito a dois neste ano em qualificações.