F1: Esposa de Horner faz exigências e quer afastamento da funcionária que acusou seu marido

Após a investigação interna da Red Bull absolver Christian Horner das alegações de comportamento inadequado, sua esposa, a ex-Spice Girl, Geri Halliwell, teria feito um ultimato, exigindo que o marido cortasse laços com a colega de equipe que o acusou. Halliwell demonstrou apoio público a Horner durante o GP do Bahrein de Fórmula 1, mas alguns relatos indicam que ela quer a funcionária fora da equipe.

Halliwell, que esteve presente no Bahrein em um gesto público de solidariedade ao marido, teria estabelecido regras rígidas antes de sorrir para as câmeras e compartilhar um beijo no paddock, enquanto Max Verstappen conquistava a vitória.

Apesar do apoio durante um período desafiador para o casal, Geri optou por não ir para a próxima corrida na Arábia Saudita, alegadamente devido a sua agenda lotada, e não por influência das acusações contra seu marido.

Segundo vários relatos que estão circulando no paddock da F1, as tensões persistem internamente na Red Bull, principalmente após a divulgação de supostas mensagens e fotos no Google Drive relacionadas às acusações, levando Horner a emitir uma declaração reafirmando sua inocência e destacando a integridade da investigação que foi realizada.