F1: Engenheiro da Red Bull explica decisão de manter Perez no RB20 na quinta-feira

Gianpiero Lambiase, engenheiro de corrida da Red Bull Racing, esclareceu a decisão de manter Sergio Perez no comando do RB20 durante a segunda sessão do segundo dia de testes de pré-temporada da Fórmula 1 no Bahrein. A troca de pilotos originalmente prevista para o período da tarde foi alterada devido a uma bandeira vermelha causada por um problema na pista na sessão da manhã.

“A bandeira vermelha pela manhã nos levou a mudar a troca de pilotos que tínhamos planejado para depois do almoço, já que isso limitaria injustamente a impressão inicial de Checo sobre o RB20”, explicou Lambiase.

Durante a primeira sessão, enquanto Perez estava na pista, o RB20 sofreu um princípio de incêndio. A equipe teve problemas com os freios do novo carro, o que exigiu reparos. Devido a esse incidente, o piloto mexicano não conseguiu completar o número de voltas desejado.

“Estamos acumulando quilometragem em um bom ritmo, o que é positivo para a confiabilidade e aprovação dos sistemas”, continuou o engenheiro. “E além disso, Checo pôde continuar a evoluir a configuração ao seu gosto, usando como base o acerto de Max no primeiro dia. Temos muito o que analisar durante a noite antes do importante último dia de testes”, encerrou.

A explicação de Lambiase indica que a Red Bull priorizou a adaptação de Perez ao novo carro, mesmo após o incidente com o RB20, para permitir uma avaliação mais completa do piloto.