F1: Em coletiva de imprensa, Horner não comenta sobre investigação da Red Bull

Com a pré-temporada da Fórmula 1 já acontecendo, as coletivas de imprensa com os participantes da categoria trazem diversos assuntos à tona. No Bahrein, o chefe da Red Bull Racing, Christian Horner, marcou presença, mas um tema específico segue sem respostas: a investigação interna da equipe sobre ele, que ainda está acontecendo.

Há algumas semanas, a Red Bull instaurou uma investigação independente sobre seu chefe de equipe. Apesar de muitos rumores e especulações, as conclusões ainda não foram divulgadas. Durante a coletiva de imprensa nesta quinta-feira, Horner se viu pressionado pelas perguntas dos jornalistas sobre a investigação. No entanto, ele manteve o sigilo e não revelou nenhuma informação sobre o assunto.

“Como vocês sabem, há um processo em curso do qual faço parte. E por fazer parte desse processo, infelizmente não posso comentar sobre ele”, declarou Horner.

Questionado sobre quando haverá esclarecimentos sobre o caso, o chefe da equipe também se esquivou de uma resposta direta. “Sinto muito, mas realmente não posso comentar sobre o processo ou o tempo que levará. Obviamente, todos querem uma conclusão o mais rápido possível, mas não estou em liberdade para falar sobre isso”, encerrou Horner.

Essa postura de Horner alimenta a curiosidade sobre a investigação e os possíveis desdobramentos. O que está sendo investigado? Quais serão as consequências? Essas são algumas das perguntas que seguem sem respostas concretas, deixando o clima na Red Bull cercado de incertezas.