F1: Circuito de Barcelona investe 50 milhões de euros para se manter no calendário

O Circuito de Barcelona-Catalunya está disposto a investir nada menos que 50 milhões de euros para convencer a Fórmula 1 a permanecer na cidade de Barcelona. Recentemente foi anunciado que a F1 irá para um projeto concorrente em Madrid a partir de 2026, o último ano do atual contrato de Barcelona com a categoria.

Embora a Fórmula 1 não descarte um novo acordo com Barcelona, provavelmente seria uma alternância anual com outro circuito europeu. No entanto, Madrid parece otimista em se tornar a única corrida espanhola da F1 a partir de 2027.

O diretor do circuito de Barcelona, Josep Lluis Santamaria, destacou o otimismo em relação ao projeto de Barcelona. Alguns jornalistas estiveram recentemente no circuito para verificar o progresso das obras de renovação em andamento, com 50 milhões de euros previstos para serem gastos até 2026.

Santamaria revela que alguns dos contatos com a F1 e seu CEO, Stefano Domenicali, ocorreram após o anúncio do GP de Madrid.

“A cúpula da F1 veio aqui”, confirmou Santamaria. “Tivemos uma reunião em Londres explicando os projetos. Isso foi no mês passado.”

Santamaria diz que uma das demandas da F1, é que a cidade de Barcelona precisa se envolver mais na promoção de eventos festivos para promover a corrida. “Você em breve terá informações sobre o que será feito na cidade. No ano passado já houve atividades e este ano também haverá”, disse ele.

“Com as mudanças no governo do conselho de Barcelona, as relações melhoraram muito e nos permitem realizar eventos conjuntos com a cidade”, concluiu o diretor do circuito.