F1: Circuito de Barcelona descarta ameaça de Madri e fala em renovação de contrato

Com a confirmação do GP da Espanha que será realizado em Madri em 2026, muitas pessoas questionaram se o Circuito de Barcelona-Catalunya irá continuar fazendo parte do calendário da Fórmula 1. No entanto, os organizadores do tradicional circuito espanhol estão tranquilos e confiantes na renovação do contrato com a categoria.

Roger Torrent, Ministro da Economia e Emprego da Catalunha e presidente do Circuito de Barcelona, reagiu à notícia da entrada de Madri no calendário da F1 em entrevista à RAC1. Ele afirmou que o circuito tem contrato vigente até 2026 e que as conversas para uma renovação já estão acontecendo.

“Temos contrato até 2026, inclusive, e estamos trabalhando, como o próprio Stefano Domenicali disse, para renovar esse contrato que nos permitirá desfrutar da Fórmula 1 na Catalunha por muitos mais anos. Estamos em conversas. Já conversamos há muito tempo, mas estamos seguindo nosso próprio ritmo. A relação entre a Fórmula 1 e a Catalunha é definida apenas pela F1 e pela Catalunha, não há nenhum outro elemento que nos faça acelerar ou que nos coloque mais pressão. É uma relação positiva, excelente, que já dura anos”, disse Torrent.

Domenicali já havia mencionado a possibilidade de Barcelona e Madri sediarem GPs da F1 no futuro. Portanto, Torrent não está realmente preocupado com o futuro.

“Temos um novo ímpeto para o circuito e a vontade de modernizar as instalações. Estamos totalmente comprometidos com isso e queremos fazer um grande evento. Vamos sediar um GP em 2024 e a relação é boa, eu diria até excelente”, encerrou Torrent.