F1: Alonso teria plano para tentar atrair a Mercedes

Fernando Alonso pode estar usando sua possível aposentadoria da Fórmula 1, como ‘moeda de troca’ para atrair a Mercedes, segundo o ex-piloto e atual comentarista, Mike Hezemans.

A surpreendente notícia da ida de Lewis Hamilton para a Ferrari em 2025 abriu a temporada de boatos na F1, com a Mercedes buscando um substituto para o heptacampeão no próximo ano.

Enquanto nomes como Max Verstappen e outros surgem na lista de candidatos, Alonso também entrou na conversa. O espanhol de 42 anos ainda pilota em alto nível na Aston Martin, mas condicionou sua permanência na equipe e talvez até na F1, ao desempenho do carro de 2024 nas primeiras corridas.

A possibilidade de aposentadoria de Alonso pegou a todos de surpresa, mas Hezemans acredita haver segundas intenções do experiente piloto. Segundo ele, o objetivo seria ser o substituto de Hamilton na Mercedes.

“Fernando Alonso sempre tem um plano extra”, disse Hezemans ao RacingNews365.com. “Acho que ele quer pilotar uma Mercedes no ano que vem. É por isso que ele vai dizer: ‘Ainda não sei se quero continuar’. Ele faz isso para que a Mercedes pense: ‘Se pegarmos Alonso, ele vai querer um contrato de vários anos’.”

Hezemans acredita que a Mercedes não deseja oferecer um contrato longo, pois aposta em sua jovem promessa Kimi Antonelli, que atualmente corre na Fórmula 2, mas ainda não conseguiu um bom desempenho este ano.

Toto Wolff, chefe da Mercedes, já havia admitido que o último contrato de Hamilton foi pensado para o curto prazo, visando Antonelli. A equipe não quer repetir o erro anterior de perder Verstappen por falta de um plano de sucessão claro.

Enquanto Antonelli se adapta à Fórmula 2, Hezemans acredita que Alonso quer ser esse piloto confiável de transição para a Mercedes. “Então, acho que Alonso já está preparando tudo para isso e vai correr pela Mercedes no ano que vem”, concluiu Hezemans.

Vale lembrar que Alonso tem se destacado na Aston Martin desde o ano passado, e novamente em 2024, superando facilmente Lance Stroll na classificação de pilotos.