F1: Alonso compara 2023 com 2021, um dos melhores anos de sua carreira

Fernando Alonso, piloto da Aston Martin, expressou uma avaliação extremamente positiva sobre sua temporada de 2023 na Fórmula 1, comparando-a com a memorável campanha de 2012. O espanhol acumulou oito pódios e ultrapassou a marca de 200 pontos pela primeira vez desde 2013. Apesar de um início de temporada promissor, com seis top-três nas primeiras oito corridas, foi a consistência de Alonso e mais dois pódios após a pausa de verão que o mantiveram na disputa pelo quarto lugar no Campeonato de Pilotos.

Alonso, refletindo sobre sua temporada antes do Grande Prêmio de Abu Dhabi, ressaltou a qualidade de sua performance. “Estou feliz com o desempenho pessoal”, disse Alonso. “Acho que, junto com 2012, esta é a melhor temporada para mim pessoalmente em termos de pilotagem, e estou satisfeito com tudo. Estava motivado, em forma e me apresentando em condições difíceis às vezes.”

Além dos sucessos no pódio, Alonso incluiu um nono lugar em Monza como uma de suas melhores corridas de 2023, devido às dificuldades enfrentadas pela Aston Martin naquele fim de semana. “Bahrain, Mônaco, Canadá, Monza e Brasil seriam minhas cinco melhores corridas do ano”, continuou ele. “Coloco Monza propositalmente porque foi um nono lugar. Não foi um pódio, nada que as pessoas vão lembrar, mas provavelmente tínhamos o carro mais lento em Monza ou o segundo mais lento e estar nos pontos foi um daqueles finais de semana onde tudo foi muito bom.”

Alonso também admitiu que uma vitória inaugural poderia ter sido possível para a Aston Martin, que perdeu uma oportunidade em Mônaco devido a uma decisão equivocada de troca de pneus. “Acho que era possível. Provavelmente Mônaco foi o mais próximo, eu acho, uma mudança de chamada de pneu ou algo assim”, refletiu ele. “Talvez Zandvoort, se estivéssemos em uma posição diferente naquela relargada. Provavelmente tivemos oportunidades aqui e ali, mas acredito que merecemos [uma vitória] mais do que qualquer um este ano.”

Enquanto um 33º triunfo na F1 continua a escapar de seu alcance, Alonso elogiou a temporada da Aston Martin, classificando a recuperação da equipe este ano como “impensável”. Passando de um melhor resultado de sétimo lugar, a marca britânica já acumulou 218 pontos a mais do que no ano passado e parece pronta para terminar em quinto no geral.

“Vejo apenas pontos positivos”, comentou Alonso. “Acho que essas lutas são parte do trabalho e parte da jornada desta equipe. Começamos muito fortes com um carro que era surpreendentemente competitivo até para nós, o passo do ano passado para este ano. E nos encontramos talvez em uma posição onde não estávamos prontos para isso, lutando com Mercedes, Ferrari; equipes de ponta acostumadas a lutar nesse nível. Talvez tenhamos dado um passo atrás em termos de desenvolvimento do carro durante a temporada. Ainda não estamos no nível mais alto e nos encontramos um pouco menos competitivos. Mas, no geral, acho que foi impensável há 12 meses, nesta fase, pensar na campanha que fizemos.”