F1: Alonso brinca que seria preso se ultrapassasse Verstappen

Fernando Alonso brincou que seria mantido preso em Zandvoort, se tivesse ultrapassado Max Verstappen no GP da Holanda de Fórmula 1.

Alonso se tornou a principal ameaça para Verstappen durante a corrida em Zandvoort, depois de subir para o segundo lugar após um erro de Sergio Perez da Red Bull.

Colocando pressão sob Verstappen na primeira volta nas condições cada vez mais molhadas da pista, Alonso teve oportunidade de tentar ultrapassar Verstappen novamente nas voltas finais, após a relargada depois da bandeira vermelha. No entanto, ele brincou dizendo que não pensou em fazer a manobra, devido à popularidade do piloto holandês em sua terra natal.

O espanhol retornou ao pódio com o segundo lugar após uma sequência difícil de corridas durante a metade da temporada, e explicou que se sentiu em sintonia com seu AMR23 nas condições desafiadoras, com a mudança de tempo de seco para molhado e vice-versa.

“Foi uma corrida muito intensa, obviamente no início com as condições molhadas, fomos muito, muito rápidos”, disse ele. “Paramos talvez uma volta tarde demais, mas o mesmo para os líderes. O carro estava voando hoje, muito competitivo, muito fácil de pilotar. Portanto, nessas condições, você precisa de um carro em que possa confiar. E eu confiei muito no carro hoje.”

Com Alonso desfrutando dos aplausos dos fãs holandeses que compareceram para torcer por Verstappen, o espanhol disse que nunca pensou que teria a chance de aproveitar a atmosfera do evento em Zandvoort.

“Eu aproveitei, obrigado a todos os fãs pela energia que recebemos aqui em Zandvoort, é muito único. Há dois anos, quando essa corrida entrou no calendário, eu pensei que nunca experimentaria o pódio em Zandvoort porque eu não estava na posição de pensar nisso. Hoje foi muito especial compartilhar o pódio com Max e Pierre (Gasly)”, afirmou Alonso.

Tendo estado na posição de aplicar pressão sobre o herói local nas voltas finais, Alonso brincou dizendo que sabia que nunca teria escapado de Zandvoort se tivesse realmente ultrapassado Verstappen para assumir a liderança e privá-lo da vitória.

“É uma daquelas corridas em que é difícil se concentrar e se manter focado por um período tão longo”, disse ele. “Como eu disse, acho que essa é uma pista de corrida realmente especial com todos os fãs e a energia. Então você se sente sempre muito focado.”

“Tentei pensar em fazer a manobra na última relargada, mas pensei que talvez não conseguisse sair do circuito, então fiquei calmo em segundo lugar!”, concluiu rindo o espanhol.