Duas batalhadoras: Bruna Dias e multimedalhista Maria Eduarda dão exemplo em Cascavel

Ginasta dona de quatro medalhas nos Jogos Pan-Americanos de Santiago e pilota que luta por título em sua estreia nas pistas falam de superação feminina no esporte

Na manhã desta sexta-feira (1/12), o Autódromo Internacional Zilmar Beux foi palco de um momento singular e que uniu dois esportes completamente distintos: a força e adrenalina do automobilismo com a harmonia, leveza e graciosidade da ginástica rítmica. As duas modalidades, no entanto, têm muitos aspectos em comum, como a precisão dos movimentos, o alto grau de sensibilidade e a busca incessante pela perfeição.

Essa união entre automobilismo e ginástica rítmica foi representada por duas mulheres virtuosas e vencedoras em suas respectivas modalidades. Única mulher no grid, Bruna Dias completa neste fim de semana seu ano de estreia na Turismo Nacional com chances de ser campeã na categoria Rookie.

Bruna esteve lado a lado com Maria Eduarda Alexandre, paranaense nascida em Foz do Iguaçu e baseada em Toledo (PR), de 16 anos, que é considerada garota-prodígio na ginástica rítmica. Em novembro, a atleta conquistou quatro medalhas nos Jogos Pan-Americanos de Santiago (duas de ouro, uma de prata e uma de bronze), que foram exibidas aos jornalistas nesta sexta-feira em Cascavel.

Durante o encontro, as atletas trocaram presentes e desejaram a continuidade de sucesso mutuamente, cada uma com seu desafio particular.

Atleta da Agito (Associação Toledana de Ginástica Rítmica), Maria Eduarda fez uma exibição com a fita, um dos aparelhos da sua modalidade. Em seguida, a medalhista andou de carona com Bruna Dias ao volante do seu carro de corridas. Um momento que a ginasta classificou como inesquecível e que guardará no coração para sempre.

Muita emoção — “Foi muito, muito incrível. Uma experiência completamente diferente e doida [risos] porque nunca imaginei estar numa pista de corrida e dentro de um carro, que é extremamente rápido. Me senti super segura andando ao lado da Bruna, mas também senti aquele frio na barriga em cada curva. O automobilismo é bastante diferente do meu esporte, mas temos em comum a busca pela perfeição, pelo movimento perfeito e pela volta perfeita. Legal saber que a Bruna está desbravando as pistas para as mulheres. Torço muito por ela, para que seja campeã neste fim de semana, representando todas as mulheres que amam o esporte”, declarou Maria Eduarda.

Bruna Dias também vibrou com o momento vivido nesta manhã no oeste paranaense: “Foi uma experiência única e inesquecível. Poder reunir dois esportes de naturezas tão distintas, e mostrar que nós mulheres estamos realizando coisas legais no mundo esportivo – mesmo no dominado pelos homens, como é o meu caso. Poder misturar esses dois esportes e transmitir um recado como esse foi importante. A Maria Eduarda é incrível. Sua habilidade é espetacular, virei fã mesmo! Foi especial, sensacional, e assim pudemos mostrar, mais uma vez, que lugar da mulher é onde ela quiser”.

Maria Eduarda Alexandre concorre ao prêmio Panam Sports Awards na categoria Legado Cali, que reconhecerá os atletas campeões nos Pan-Americano Junior em Cali (Colômbia) de 2021 e que foram medalhistas no Pan da capital chilena neste ano. A votação é online e pode ser feita por meio do link a seguir. A atleta estará em Miami (Estados Unidos), onde a premiação será realizada no dia nove de dezembro, com a presença também de Rebeca Andrade, ginasta brasileira campeã olímpica e mundial.

A ginástica rítmica nacional também vive um momento especial. Além da grande performance nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, o mês de novembro também marcou a confirmação do Brasil como sede do 41º Mundial da modalidade, que será realizado em agosto de 2025 no Rio de Janeiro.

Por sua vez, Bruna acelera em Cascavel em dias de intensa programação na pista de 3.058 metros. Ainda nesta sexta-feira, a mineira vai disputar duas sessões classificatórias, e neste sábado a competidora volta a acelerar com quatro corridas, duas pela manhã, a partir de 11h10, e mais duas no período da tarde. No domingo, Bruna Dias completa sua primeira temporada na Turismo Nacional com mais duas provas, iniciando a partir de 11h20.

A Turismo Nacional tem transmissão ao vivo a partir de sábado no canal oficial da categoria no YouTube e também na Twitch da Tribo do Gaules e no canal do streamer Victor Ludgero, também na Twitch.

Atletas
Bruna Dias, pilota
30 anos, mineira (Coromandel)
Primeira temporada na Turismo Nacional
Categorias B e Rookie
Quatro pódios (classe B) e três vitórias (Rookie) em 2023, seu ano de estreia

Maria Eduarda Alexandre, ginasta
16 anos, paranaense (Foz do Iguaçu)
4 medalhas no Pan de Santiago 2023 (duas de ouro, uma de prata e uma de bronze)
5 Medalhas no Sul-Americano de Barranquilla 2022 (cinco de ouro)
Finalista em etapas da Copa do Mundo em Baku (Azerbaijão) e Tashkent (Uzbequistão)